Mãe de Deus e Jesus Cristo Pastoralis - 2 anos com você! Sua Santidade o Papa Bento XVI Vaticano - Santa Sé Concílio Vaticano II
Nome:   Senha:      Fazer cadastro

Bookmarks

Indicar isto em:

Últimos Artigos

Artigos > Espiritualidade: Oração, Mística, Ascese > Opondo-se ao mundo self-service: a vocação de numerária auxiliar
Opondo-se ao mundo self-service: a vocação de numerária auxiliar
Publicado por Marcia em 16/4/2008 (2133 leituras)
Opondo-se ao mundo self-service: a vocação de numerária auxiliar
Lenise Garcia é Doutora em Microbiologia e Professora do Instituto de Biologia da Universidade de Brasília. Sente-se orgulhosa de conviver diariamente com algumas numerárias auxiliares do Opus Dei. Nesse artigo apresenta, de maneira amável e profunda, o significado e o alcance dessa «forma de estar» no Opus Dei.

Eu não sou uma numerária auxiliar. Mas conheço e moro com várias. Gostaria de testemunhar o quanto aprendi e continuo aprendendo com elas.

Há numerárias auxiliares que mal terminaram o antigo curso primário de quem ouvi raciocínios teológicos magníficos, que não são fruto de sabedoria humana, mas do convívio com o Espírito Santo. Lembram-me Francisca Javiera del Valle, a costureira simples, semi-analfabeta, autora do "Decenário do Espírito Santo", livro muito apreciado por São Josemaria e por muitos santos. Recordam-me as palavras de Cristo: Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes e as revelaste aos pequeninos (Mt 11, 25).

Lembro-me de uma temporada difícil na minha vida profissional, na qual com freqüência chegava em casa aborrecida por algum incidente na universidade. Quantas vezes uma numerária auxiliar que então morava conosco me elevou o ânimo, com um simples: "Que cara cansada. Garanto que não lanchou". E fazia-me entrar na cozinha para o lanche atrasado, sempre com algum detalhe de carinho. Não hesito em dizer que o convívio com essa pessoa fez um enorme bem à minha vida espiritual.

Ninharias? O fundador da Obra preferia chamá-las coisas pequenas, e a elas dedica todo um capítulo do livro Caminho. Nelas se manifestam o amor humano e o divino. Somente quem ama e quem se doa ao outro é capaz de perceber detalhes de serviço.

O serviço ao outro repugna à cultura do self-service, que estimula uma falsa autonomia. Não querer ser servido caminha ao lado de não querer servir. Mas quem quer bastar-se a si mesmo está condenado ao isolamento. E a verdade é que dependemos muito uns dos outros: dependemos do médico, do dentista, do professor e do coletor de lixo. Na universidade sempre temos inveja das greves de lixeiros, pois a cidade passa três meses sem o nosso trabalho, mas não passa uma semana sem o deles.

Os contemporâneos de Cristo, ao ouvi-lo pregar, surpreendem-se da sua sabedoria. O Mestre que questiona os soberbos doutores da lei é um homem que se dedicou, durante longos anos, a trabalhos manuais.

São Josemaria Escrivá meditou longamente, e tirou muitos ensinamentos, dessa vida oculta de Cristo, durante os anos em Nazaré. Dentre eles, este que está no cerne do espírito do Opus Dei: qualquer trabalho humano, por mais humilde que seja, é nobre aos olhos de Deus e meio de santidade. O que dá valor ao trabalho não é o brilho humano ou o status que se possa alcançar, mas o amor de Deus com que é feito.

Como nos tempos de Cristo, não surpreende que o espírito cristão choque uma sociedade afetada pelo egoísmo, o materialismo e o hedonismo. Neste sentido, penso que a vocação de numerária auxiliar é uma vocação que traz uma resposta à mentalidade self-service de um mundo descristianizado.

Há aqui um ponto paradoxal em relação ao preconceito. Alguns vêem a dedicação de mulheres ao serviço doméstico como um preconceito contra a mulher. Mas esse raciocínio é que nasce de um preconceito contra o serviço doméstico, como se este não fosse um trabalho nobre e digno, como se as pessoas que o exercem ficassem por isso diminuídas.

Na última ceia, Cristo se ajoelha e lava os pés dos discípulos. São Pedro não quer aceitar esse serviço e é corrigido pelo Mestre. Talvez se tenha lembrado da lição: Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade. Não seja assim entre vós. Todo aquele entre vós que quiser tornar-se grande, faça-se vosso servo. E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, faça-se vosso escravo. Assim como o Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por uma multidão (Mt 20, 25-28).

O texto latino diz: non venit ministrari, sed ministrare. Daí derivam as palavras ministro e ministério. Também na concepção civil, "ministro" é o que está para servir o povo, e não para ser servido. Todas as profissões humanas podem e devem ser exercidas como um serviço aos outros, e este é um aspecto fundamental para a santificação do trabalho.

Outro aspecto importante é a competência profissional com que as numerárias auxiliares buscam exercer a sua tarefa. Conscientes de que a sua não é uma profissão de segunda categoria, capacitam-se continuamente para exercê-la bem. Muitas tornam-se também monitoras e professoras em escolas hoteleiras ou cursos ligados à sua área de atuação.

Qualquer pesquisa na rede hoteleira mostra que um dos aspectos mais valorizados pelos clientes é o serviço. Um hotel pode ter instalações cinco estrelas, mas se o hóspede for mal servido sairá descontente. Do mesmo modo, um ambiente doméstico acolhedor faz grande diferença na qualidade de vida. Se proporcionar esse ambiente é algo importante, não menos importante é a profissão de quem o propicia.

Além do fato de que todo trabalho honesto é digno, está também o de que o serviço doméstico tem grande importância no ambiente familiar. O seu descuido é responsável por parcela não pequena da atual crise da família, pois muitos encontram em sua casa apenas um teto e não um lar.

São Josemaria sempre colocava como exemplo, também neste aspecto, o lar de Nazaré. Como é fácil imaginar Nossa Senhora tirando água do poço, fazendo pão e limpando a casa. Que bonita a inserção, no filme “A paixão de Cristo”, da cena em que Jesus está trabalhando e Maria O chama para o almoço. Esse foi o cotidiano de Nossa Senhora, o serviço doméstico. Ela não era menos santa ao realizá-lo do que aos pés da Cruz.

fonte: http://www.opusdei.org.br/
Você pode enviar artigos para nós a partir da opção respectiva no menu principal.
Eles devem estar assinados e com a fonte especificada, serão avaliados e podem ser publicados, sofrendo edição se necessário à adequação de nossas políticas internas.

Em todo caso, a responsabilidade pelas informações prestadas é dos respectivos autores dos textos.

Se você gostou deste artigo, partilhe suas opiniões usando os diversos mecanismos disponíveis: comentando, indicando-o através dos "bookmarks", compartilhando-os no Orkut©, Facebook© etc. Você também pode receber, em seu e-mail atualizações sobre novos artigos ou notícias, cadastrando-se em nossas newsletters, ou ainda utilizar nossos feeds (RSS).
Share
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Outros artigos nesta categoria Publicado em Cliques
Beatificações: João Paulo II, Santo Subito! Irmã Dulce! Filhos da Misericórdia do Alto
07/6/2011
1855
Conhece-te a Ti Mesmo
24/5/2011
2714
Já Decidiste?
29/4/2011
1865
Onde Está a Felicidade?
15/2/2011
2018
O amor humano não tolera experiência
08/2/2011
2195
Respondendo como Criança
28/12/2010
1095
Juventude em busca da Felicidade Verdadeira
02/12/2010
2812
Realizando Planos
19/11/2010
993
O Canto em São Francisco de Assis
05/10/2010
4382
Eu Sou Mais Eu
28/7/2010
2101
A Promessa de um Fim de Semana
23/7/2010
1541
Retorno: Mantenha-se à Direita
01/4/2010
1317
O Amor pelo Silêncio
18/2/2010
4882
Mês de Fevereiro com Santa Faustina
01/2/2010
5197
Mês de Janeiro com Santa Faustina
31/12/2009
4058
O Silêncio do Advento
13/12/2009
2010
Mês de Dezembro com Santa Faustina
01/12/2009
4051
O Telefone de Deus
19/11/2009
5417
Mês de Novembro com Santa Faustina
31/10/2009
4870
Mês de Outubro com Santa Faustina
01/10/2009
4606
Características do amor ao próximo
25/9/2009
4023
Mês de Setembro com Santa Faustina
01/9/2009
3497
Mês de Agosto com Santa Faustina
01/8/2009
2690
Mês de Julho com Santa Faustina
01/7/2009
2652
O Apostolado da Oração
20/6/2009
22936
Mês de Junho com Santa Faustina
31/5/2009
2129
Mês de Maio com Santa Faustina
30/4/2009
4375
Catarina de Sena
28/4/2009
5060
O Mistério Pascal e a Conversão Pessoal
10/4/2009
3429
"Sempre sonho coisas grandes para as almas que amo"
02/4/2009
2776
Mês de Abril com Santa Faustina
02/4/2009
3845
Depois de cinco anos terminei o Pai Nosso
26/3/2009
2884
A Virtude da Fortaleza em São Paulo
11/3/2009
3731
Vivendo a Quaresma - 2ª Parte
03/3/2009
3733
Mês de Março com Santa Faustina
01/3/2009
4565
Vivendo a Quaresma - 1ª Parte
23/2/2009
6753
Ser Filho
16/2/2009
1512
A Eucaristia e a Igreja
22/1/2009
7389
Sede Meus Imitadores como Eu Sou em Cristo
15/1/2009
6552
Deixar tudo para ganhar Tudo.
23/12/2008
4155
Preparando a Casa para o Menino
11/12/2008
2323
Aprendendo a amar
10/11/2008
3066
Amor com A maiúscula
24/10/2008
3965
Pequena Reflexão sobre a Alegria Cristã
07/9/2008
8423
O trabalho de sorrir
30/5/2008
4457
Nunca entregue os pontos
26/5/2008
3883
O amor justifica tudo: justifica?
24/5/2008
4393
Maio, o mês de Maria
24/5/2008
13912
O Despertador
23/5/2008
1553
A Força de Vontade
21/5/2008
5309
As quatro dimensões da Fidelidade
19/5/2008
4638
O Dever da Diversão
16/5/2008
3480
O mês de Nossa Senhora
02/5/2008
9408
A importância da oração na vida pública
30/4/2008
6730
O amor de Deus Acima do Nosso
26/4/2008
4682
Vocação para a Felicidade
24/4/2008
4841
O dia em que o amor for batizado
22/4/2008
2730
A filosofia de Santo Agostinho
17/4/2008
18535
Opondo-se ao mundo self-service: a vocação de numerária auxiliar
16/4/2008
2134
Coração de Toqueiro
14/4/2008
5527

Rede Católica